Copa do Mundo: delegado orienta como acompanhar os jogos em segurança

É importante estar atento e tomar medidas preventivas, visando evitar ser vítima de algum crime

Manaus – A Copa do Mundo 2022, terá início no dia 20 de novembro, e sendo o principal evento esportivo global, reunirá grande quantidade de pessoas nas ruas das cidades, bares e locais públicos, que acompanharão as transmissões dos jogos de futebol. Tendo em vista isso, a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) dá dicas de segurança à população para acompanhar os jogos de maneira segura.

Torcida Copa do mundo

(Foto: Jimmy Geber / Reprodução)

Conforme o delegado Jander Mafra, titular do 10° Distrito Integrado de Polícia Civil (DIP), com a reunião de tantas pessoas e torcedores nesses ambientes, é comum que ocorram crimes como roubo, furto, importunação sexual, injúria, lesão corporal, entre outros delitos, pensando nisso, é importante estar atento e tomar medidas preventivas, visando evitar ser vítima desses crimes e, assim, curtir o evento.

A autoridade policial recomenda que o uso de aparelhos celulares seja evitado nas ruas, tendo em vista que seu uso acaba chamando a atenção de criminosos, que se aproveitam do momento de distração do usuário para cometer o delito. Mafra sugere que o celular deve ser guardado em uma bolsa pequena e colocado sempre à frente do corpo, além de ser utilizado somente quando necessário, em local seguro.

“Ao se deslocar para ambientes com grande movimentação de torcedores, se estiver de carro, é necessário tomar cuidado com o local em que vai estacionar, e sempre se atentar se as portas e janelas do veículo estão travadas, pois criminosos costumam usar um dispositivo chamado ‘Chapolin’ para impedir o fechamento e roubar os pertences”, alertou Jander Mafra.

Um outro ponto importante, segundo o delegado, é estar acompanhado por amigos e familiares, ou marcar um ponto de encontro para o grupo. Também, não é recomendável transitar sozinho pela rua ou mesmo em áreas internas. “O ideal é estar acompanhado ou ir ao banheiro ou lanchonete com algum conhecido”, recomenda.

Segurança para as mulheres

 Mafra reforça que as mulheres reforcem os cuidados e recomenda que ao consumir bebidas alcoólicas, pegue apenas as que estiverem lacradas, ou que sejam abertas em sua presença; e ainda, evitar o uso de saltos, pois em caso de perigo, eles dificultam a rápida movimentação.

“Caso esteja sendo vítima de importunação sexual ou suspeite que está sendo seguida, entre em algum estabelecimento comercial e peça ajuda. Não ande sozinha por longas distâncias e, caso ainda não esteja sentindo-se segura, ligue para o 190”, informou.

Golpes

Considerando que os jogos também são transmitidos ao público em eventos fechados, que disponibilizam ingressos para compra, muitas pessoas acabam deixando para comprar as entradas de última hora, e cambistas se aproveitam disso para vender ingressos falsos por um preço maior. É importante estar atento e nunca adquirir ingressos de forma não oficial, para evitar cair em golpes e ficar no prejuízo.

Fui vítima, como denunciar?

Caso seja vítima desses crimes, a autoridade policial orienta a procurar a unidade policial mais próxima do local do fato, e registrar um Boletim de Ocorrência (BO) com o máximo de informações, para que os policiais possam solucionar o caso o mais rápido possível. O BO também pode ser feito pela Delegacia Virtual, pelo site: https://delegaciavirtual.sinesp.gov.br/portal/.

“Em casos de importunação, verifique se há algum policial, ou alguma testemunha, que consiga também identificar o autor do delito, e evitar que ele fuja”, explicou.

As vítimas também podem ligar para o número 181, da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), ou para o 191, de Apoio Emergencial.

Penalidades

Furto tem pena de 1 a 4 meses de reclusão, além de multa; roubo, 4 a 10 anos, e multa; importunação sexual, 1 a 5 anos; lesão corporal 3 meses a 8 oito anos de reclusão caso seja lesão gravíssima; injúria 1 a 6 meses e multa; e vias de fato de 15 dias a 3 meses de reclusão.

Anúncio