Crime contra os idosos: operação prende 14 pessoas em Manaus e interior do AM

As equipes apuraram denúncias de maus-tratos, negligência, apropriação de bens, abandono, entre outros

Manaus – Quartoze prisões foram efetuadas sendo duas em cumprimento de mandados de prisão durante a Operação Vetus 3 deflagrada com o objetivo de apurar crimes contra a pessoa idosa no Amazonas. Além de Manaus, a ação também ocorreu em municípios do interior como Iranduba, Itacoatiara, Presidente Figueiredo e Rio preto da Eva. A operação teve início no dia 22 de agosto deste ano e foi finalizada nesta sexta-feira (23).

De acordo com a delegada Andreia Nascimento, titular da Delegacia Especializada de Crime Contra Idoso (DECCI), a operação englobou a apuração de denúncias, instauração de inquéritos, realização de diligências aos abrigos ou residências de idosos vítimas de violência, além de cumprimento de mandados judiciais.

A autoridade policial afirmou que durante a Vetus 3, as equipes apuraram denúncias de maus-tratos, negligência, apropriação de bens, abandono, entre outros, contra idosos na capital e nos demais municípios do Amazonas. A delegada ressaltou que nenhum tipo de violência contra a pessoa idosa pode ser tolerada e é preciso denunciar os casos.

Balanço

Durante a operação, além das 14 prisões, foram realizadas 810 denúncias apuradas, 793 vítimas atendidas, 146 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) instaurados, 55 Inquéritos Policiais (IPs) concluídos.

Nesse período, foram solicitadas à Justiça 24 medidas protetivas, bem como realizadas 22 atividades educativas e de orientação sobre direitos da pessoa idosa.

Denúncias

As denúncias podem ser realizadas por meio do Disque Direitos Humanos (Disque 100), e pelo 181, disque denúncia da SSP-AM. As denúncias feitas por meio do Disque 100 e 181 são gratuitas e podem ser anônimas. Qualquer pessoa pode acionar os serviços.

A operação ocorreu em todos os estados do País e no Distrito Federal. No Amazonas, contou com o apoio da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM), Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) e Secretaria Executiva Adjunta de Direitos da Pessoa Idosa (Seadpi).

Veja vídeos:

Anúncio