Dom e Phillips: equipe de investigação da PF descobre identidade real de ‘Colômbia’

‘Colômbia’ seria líder e financiador de uma associação criminosa dedicada à prática da pesca ilegal na região do Vale do Javari

Manaus – Em continuidade à investigação do duplo homicídio que vitimou o servidor da Funai Bruno Pereira e o jornalista inglês Dom Phillips, a Polícia Federal do Amazonas deflagrou, neste sábado (06), operação policial na região compreendida pelos municípios de Atalaia do Norte (a 1.138 quilômetros a oeste de Manaus) e  Benjamin Constant (a 1.121 quilômetros a oeste de Manaus).

(Foto: Reprodução)

A equipe de investigação conseguiu identificar a real identidade do indivíduo de alcunha ‘Colômbia’. Trata-se de Ruben Dario da Silva Villar, um cidadão colombiano que utilizava documentos ideologicamente falsos, como carteira de identidade brasileira e documento de identidade peruano, dentre outros.

Com o avanço das investigações, a PF identificou fortes indícios de que ‘Colômbia’ seria líder e financiador de uma associação criminosa armada dedicada à prática da pesca ilegal na região do Vale do Javari, responsável por comercializar grande quantidade de pescado que era exportado para países vizinhos.

Foram cumpridos 7 mandados de prisão preventiva, dois dos quais em desfavor de suspeitos que já se encontram presos, o próprio ‘Colômbia’ e Amarildo Costa de Oliveira, vulgo ‘Pelado’, além de 10 mandados de busca e   apreensão.

Entre os presos estão três familiares de Amarildo envolvidos com a ocultação dos corpos de Bruno e Dom Phillips.
Todos estão sendo investigados por associarem-se a ‘Colômbia’ visando a realização de pesca ilegal na região. As investigações prosseguem para o cabal esclarecimento do caso.

Anúncio