Dupla é indiciada por comercializar quelônios no interior do Amazonas

Foram apreendidos em torno de 22 répteis entre tartarugas e tracajás

Manaus – Mady Ferreira Cordeiro e Paulo Oliveira Videira, foram indiciados por crime ambiental e venda ilegal de quelônios no domingo (27), em Beruri (a 73 quilômetros da capital). A ação ocorreu na rua Curimatã, bairro Santo Antônio.

(Foto: Divulgação/PC-AM)

De acordo com o investigador de polícia Fabiano Michel, gestor da Delegacia de Interativa de Polícia (DIP), os policiais civis receberam denúncia via 181, da Secretaria Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai), da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), informando que o endereço mencionado seria um ponto de comercialização ilegal de quelônios.

“De imediato nos deslocamos ao local e, ao chegarmos, encontramos 22 espécies dos répteis, constatando a veracidade da informação. Apreendemos, ao todo, sete tartarugas e 15 tracajás”, disse.

Mady e Paulo assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), responderão por crime ambiental e venda ilegal de quelônios, e ficarão à disposição da Justiça.

Anúncio