Dupla é presa por execução de homem na saída de academia em Manaus

A vítima estaria em uma academia do bairro Novo Aliexo, na zona norte, realizando atividade física e quando saiu do local foi morto

Manaus – Gabriel David Lima Damião, 21, e Deiker Josué Campos Amundaray, 22, foram presos por envolvimento na morte de Gabriel Damasceno Waldman, que tinha 35 anos. A vítima foi morta com vários disparos de arma de fogo, no dia 12 de abril deste ano, na saída de uma academia na avenida Coronel Sávio Belota, bairro Novo Aleixo, zona norte de Manaus.

blank

Gabriel Damasceno Waldman, que tinha 35 anos, morto ao sair de academia (Foto: Reprodução)

As prisões foram realizadas pelos policiais civis da Delegacia Especializa em Homicídios e Sequestros (DEHS) e ocorreram ao longo de segunda-feira (6) e terça-feira (7). Conforme informações preliminares repassadas pela polícia, a vítima estaria na academia realizando atividade física.

Os familiares da vítima estiveram no local e acompanharam os primeiros procedimentos da Polícia Civil no atendimento da ocorrência. Mas ninguém falou sobre o que pode ter motivado o crime.

Mais informações serão repassadas durante a coletiva de imprensa desta quarta-feeira (8).

 

Anúncio