Em Manaus, familiares acusam mãe de ter matado espancado filho autista

De acordo com a avó paterna, a mãe do menino ligou avisando que a criança estava desmaiada

Manaus – Luiz Carlos Tinoco Oliveira, de 9 anos, morreu após ter sido vítima de espancamento na noite de terça-feira (29) em Manaus. Os familiares da criança, que é autista, acusam a mãe de ter matado o próprio filho.

De acordo com a avó paterna de Luíz, identificada como Letícia, a mãe do menino ligou por volta das 23h para avisar que o filho estava desmaiado. A mãe informou a avó que a criança tinha passado mal após comer. Em seguida, a criança foi levado para o Hospital e Pronto-Socorro da Criança –  Joãozinho onde foi constatada a morte.

O pai da criança estava no trabalho quando foi avisado sobre a morte do filho. Ainda segundo a avó, a direção do hospital acionou a polícia e a mãe foi detida. O menino estava com hematomas pelo corpo.

Segundo o laudo do Instituto Médico Legal (IML), a criança teve choque hemorrágico, hemorragia aguda, explosão do fígado e do baço, causa por ação contundente.

O velório de Luiz Carlos acontece na tarde desta quarta-feira (30) no Conjunto Castanheira, bairro Zumbi, zona leste da capital. A Delegacia Especializada de Proteção à Criança e o Adolescente (DEPCA) investiga o caso.

 

Anúncio