Falsos desembargadores suspeitos de golpes no Amazonas são presos no Ceará

Autores atuam no Amazonas e em outros Estados, para aplicar golpes em diversas vítimas

Manaus – Francisco Marcelo Loureiro, de 32 anos, Francisco Marcos Tomé de Souza, 35, Manuel Paiva da Silva Junior, 58, Ricardo da Silva Júnior, 26 e Vanessa de Oliveira Nogueira, 33, foram presos na manhã desta terça-feira (06), durante operação policial da Delegacia Especializada em Repressão a Crimes Cibernéticos (Dercc). A ação ocorreu em diversas cidades situadas no Estado do Ceará.

Durante a ação, foram cumpridos 20 mandados, sendo dez de prisão e dez de busca e apreensão.

O delegado Denis Pinho, titular da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) esclareceu que a PC-AM tomou conhecimento de que indivíduos residentes no Ceará estavam se passando por desembargadores que atuam no Amazonas, Acre, Pernambuco, entre outros Estados, para aplicar golpes em diversas vítimas.

“Estávamos há quatro meses investigando esses infratores, que alegavam precisar recolher algumas taxas nos valores de R$ 4 mil a R$ 15 mil, referentes à liberação de alvarás judiciais, em nome de pessoas que tinham ações tramitando na Justiça. As vítimas depositavam o dinheiro, acreditando que estavam enviando os valores para a Justiça”, esclareceu.

Procedimentos
Francisco Marcelo, Francisco Marcos, Manuel Paiva, Ricardo da Silva e Vanessa de Oliveira responderão por estelionato e ficarão à disposição do Poder Judiciário do Ceará.

Anúncio