Fuzis apreendidos seriam usados em ataques de facções em Manaus, diz PC

Um homem foi preso junto com o armamento, nesta quarta-feira, no bairro Colônia Oliveira Machado, zona sul

Manaus – Após a prisão de um homem, 22, com três fuzis de grosso calibre, a polícia revelou que os armamentos seria utilizados para faccionados em crimes violentos e ataques por briga de território em Manaus. A prisão aconteceu nesta quarta-feira (31), no bairro Colônia Oliveira Machado, zona sul da capital.

(Foto: Divulgação/PMAM)

A Polícia Militar do Amazonas (PMAM), por meio das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), prendeu um homem, de 22 anos, e apreendeu três fuzis, na madrugada desta quarta-feira (31/01), no bairro Colônia Oliveira Machado, zona sul de Manaus. O homem já tem passagem pela polícia pelo crime de tráfico de drogas.

De acordo com o comandante das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), major Jackson Ribeiro, o  homem já tem passagem pela polícia pelo crime de tráfico de drogas e a ocorrência foi registrada por volta da 1h40, quando policiais militares da unidade especializada receberam denúncia anônima.

“O armamento seria utilizado para faccionados em crimes violentos e ataques por briga de território. Esse suspeito foi localizado tentando fugir para uma residência, subiu no telhado e caiu. Ocasião em que foi dada a voz de prisão. Os três armamentos, juntamente com munições e outros materiais, foram encontrados no local”, explicou o comandante da Rocam.

Durante a ação foram apreendidos três fuzis AK-47 de calibre 7,62 milímetros, três carregadores de fuzil, 50 munições, sendo 30 calibre 12 e 20 calibre 7,62 milímetros, quatro coletes com placas balísticas e dez camisas com nome e o brasão da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM).

Durante a apresentação da ação em coletiva de imprensa, o subcomandante da PMAM, coronel Thiago Balbi, reforçou o compromisso da instituição no combate às organizações criminosas e o apoio da Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai), da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) e da Assessoria Central de Inteligência da PMAM (ACIPMAM).

“O trabalho vem sendo desenvolvido de maneira integrada, de utilização de informações de equipes de inteligência. A gente vem acompanhando o movimento dessas organizações criminosas e já sabíamos que esse armamento existia e, após a abordagem, conseguimos fazer a apreensão desse material”, enfatizou o subcomandante-geral.

O homem e o material apreendido foram encaminhados para o 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Apreensão de armas

O comandante da Rocam, major Jackson Ribeiro, destaca, ainda, o trabalho desenvolvido pela unidade policial, que integra o Comando de Policiamento Especializado (CPE) da Polícia Militar do Amazonas.

“Somente no mês de janeiro, nós apreendemos 24 armas de fogo. Ano passado nós apreendemos 133 armas de fogo. Neste ano de 2024, a PMAM continua trabalhando para aumentar o número de apreensão e trazer segurança à população amazonense”, pontuou o comandante da Rocam.

Denúncia

A Polícia Militar do Amazonas orienta a população que informe imediatamente ao tomar conhecimento de qualquer ação criminosa, por meio do disque denúncia 181 ou pelo 190. A identidade do denunciante será mantida em sigilo.

 

Anúncio