Grávida é encontrada morta com barriga e partes íntimas mutiladas

A investigação suspeita que a jovem pode ter sido vítima de um ritual ou de um crime passional

São Paulo – O corpo de uma gestante foi encontrado mutilado em terreno deserto, em Mogi Guaçu, interior de São Paulo, nesta quarta-feira (21). Ohana Karolin, de 24 anos, estava grávida de sete meses e foi achada com o ventre aberto e com as partes íntimas arrancadas.

(Foto: Reprodução/Record TV)

Ao lado do corpo, também foram encontrados um shorts, uma par de chinelos e algumas moedas. A vítima em si usava apenas uma camiseta.

Quem fez o reconhecimento do corpo foi o ex-marido de Ohana, com quem ela teve três filhos. A investigação suspeita que a jovem pode ter sido vítima de um ritual ou de um crime passional.

Uma amiga da jovem afirma que a viu dentro de um carro preto por volta da meia-noite de quarta. Testemunhas também dizem que Ohana foi vista passando há alguns metros do local do crime por volta das 3h da manhã, e que, mais cedo, viram um carro preto passando pela região.

Anúncio