Homem que perseguia ex, por não aceitar término, acaba preso em Manaus

A vítima e o autor terminaram o relacionamento após 14 anos juntos

Manaus – Um homem de 30 anos foi preso na quinta-feira (9), pelos crimes de perseguição e violência psicológica, no âmbito de violência doméstica, praticados contra a ex-companheira, de 28 anos.

(Foto: rawpixel.com / Freepik)

De acordo com a delegada Débora Mafra, titular da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM) zona centro-sul, a vítima e o autor conviveram durante 14 anos e terminaram o relacionamento há cerca de um mês. Ele não aceitava o fim da relação e a perseguia em todos os lugares, tendo, inclusive, a agredido em outra ocasião.

“Quando o infrator soube que a mulher iria fazer uma solicitação de medida protetiva, foi até a casa dela para tentar impedi-la. Ela conseguiu se deslocar da residência para a delegacia e ele veio junto, pedindo para ela não registrar”, contou.

Conforme a titular, chegando à DECCM centro-sul, ela contou o que estava ocorrendo e os policiais civis, no mesmo instante, o abordaram e deram voz de prisão a ele.

O homem responderá por perseguição e violência psicológica, no âmbito de violência doméstica, e ficará à disposição da Justiça.

Anúncio