Marido fura mulher grávida com punhal em Manaus

Homem foi preso neste domingo, além dele, outro suspeito também foi denunciado por agredir a companheira

Manaus- Dois homens foram presos pelo crime de violência doméstica, em ocorrências diferentes atendidas na manhã e noite de domingo (3), nos bairros Colônia Oliveira Machado e Flores, zonas sul e centro-sul de Manaus. Em um dos casos, o suspeito desferiu um punhal na barriga de uma mulher grávida.

Violência doméstica

(Foto: Reprodução Pixabay)

No primeiro caso, os policiais militares da 12ª Companhias Interativas Comunitárias (Cicom) estavam em patrulhamento quando foram acionados, via rede rádio, pelo Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), para atendimento de uma ocorrência de violência doméstica em uma residência, localizada na rua Conde de Tocantins, na comunidade Parque das Nações, bairro Flores.

Segundo os PM’s que atenderam a ocorrência, por volta das 9h, a vítima foi encontrada na rua, próxima da casa dela, e informou que havia sido agredida pelo companheiro com socos, chutes e puxões de cabelo.

Em contato com o agressor, de 26 anos, os policiais militares indagaram sobre o ocorrido e o homem confessou que estava drogado e por isso teria agredido a companheira dele. Foi dada voz de prisão ao homem e o casal foi conduzido à Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM).

No segundo caso, policiais militares da 2ª Companhias Interativas Comunitárias (Cicom) prenderam um homem, de idade não informada, por violência doméstica, na noite de domingo, por volta das 22h, após a equipe policial receber denúncia, via linha direta da Cicom, de que uma mulher grávida teria dado entrada no Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Zona Sul, com uma perfuração na barriga.

A vítima, de 37 anos, relatou aos PM’s que havia sido “furada com punhal” pelo companheiro dela. Além do ferimento no abdômen, ela apresentava marcas de espancamento. A criança não resistiu e veio à óbito. O homem foi preso em flagrante ainda no SPA Zona Sul e levado à DECCM.

A Polícia Militar do Amazonas orienta a população que informe imediatamente ao tomar conhecimento de qualquer ação criminosa, por meio do disque denúncia 181 ou pelo 190. A identidade do denunciante será mantida em sigilo.

Anúncio