Mecânico é condenado a 23 anos de prisão por estuprar enteada

De acordo com a polícia, os abusos começaram quando a vítima tinha 8 anos. Homem cometia os abusos quando a mãe da criança saia para trabalhar

Manaus – Um mecânico de 58 anos foi preso nesta quinta-feira (6), após ser condenado a 23 anos de prisão, por abusar da filha da ex-companheira, em 2011, quando ela tinha 8 anos de idade. A ordem judicial da prisão foi expedida no dia 29 de julho. As equipes da 5ª Seccional Centro-Sul e do 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP) realizaram a prisão do homem no bairro Santo Antônio, zona oeste de Manaus.

De acordo com a delegada da 5ª Seccional Centro-Sul, Deborah Barreiros, os abusos começaram quando o mecânico iniciou um relacionamento com a mãe da vítima. O homem cometia os abusos quando a mãe da criança saia para trabalhar.

Equipes da 5ª Seccional Centro-Sul e do 12º DIP realizaram a prisão do homem (Foto: Sandro Pereira/Arquivo-GDC)

Conforme a delegada, em 2011 a criança contou para uma tia os abusos que sofria. Ela relatou que já sofria os abusos há anos, mas não soube precisar quando eles começaram. A criança contou, ainda, que o homem lhe dava dinheiro para que ficasse em silêncio. Ao saber do caso, a tia procurou uma delegacia e denunciou o crime.

“Em 2011, a criança narrou a um familiar que vinha sofrendo abusos sexuais por parte desse cidadão. Ela contou que isso acontecia há muito tempo, mas que estavam acontecendo com mais frequência. Ela não aguentou e acabou contado a um familiar”, relatou a delegada.

Deborah Barreiros contou que ao ver o mandado de prisão, no dia 29 de julho, começou a investigação e conseguiu informações sobre o paradeiro do mecânico por meio de denúncia anônima. De acordo com a denúncia, o homem estava no bairro Santo Antônio, na zona oeste. Segundo a delegada, o homem nega os crimes e diz que está “sendo injustiçado”.

O homem foi condenado a 23 anos de prisão, em regime fechado, por estupro de vulnerável. Após os procedimentos na delegacia, ele será encaminhado à Central de Recebimento e Triagem, onde ficará a disposição da justiça.

Anúncio