Motorista de carreta que matou gari tem prisão preventiva decretada em Manaus

Segundo a polícia, o motorista da carreta fez o teste do bafômetro e o resultado registrou registrou 0,73% para a presença de álcool

Manaus – O motorista da carreta, José Alves de Souza, 63, envolvido no acidente de trânsito que matou o trabalhador de limpeza pública Domingo Santana da Silva, 36, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça na tarde da terça-feira (21). Segundo a polícia, o motorista fez o teste do bafômetro e o resultado registrou registrou 0,73% para presença de álcool.

José foi preso em flagrante pela polícia e conduzido ao 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP) no momento do acidente que aconteceu na segunda-feira (20), na rotatória da Suframa, zona leste de Manaus. A defesa dele fez um pedido de liberdade provisória que foi julgada em audiência de custodia.

Relembre o acidente

O gari Domingo Santana da Silva foi esmagado por um amarelinho, na rotatória da Suframa. Segundo informações, uma carreta vinha em alta velocidade quando atingiu o ônibus amarelinho que capotou e virou em cima do trabalhador.

O acidente que vitimou o Domingos, mobilizou vários profissionais da limpeza pública em frente ao 1º DIP ainda na manhã da segunda-feira (29). Vídeos divulgados nas redes sociais mostram vários profissionais da limpeza pública reunidos em frente à delegacia.

Anúncio