Mulher que matou menina em acidente vai responder por homicídio culposo

Ela fez teste do bafômetro e deu negativo e alega que se confundiu com os pedais do carro automático durante uma manobra

São Paulo – A motorista de 38 anos que atropelou e matou uma menina de 4 anos ao invadir uma escola com o carro vai responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Uma professora também ficou ferida. Os peritos ainda analisam as causas do acidente. A mulher alegou que confundiu os pedais do carro automático durante uma manobra. Ela foi submetida ao teste do bafômetro e o resultado deu negativo.

blank

(Foto: Reprodução/Twitter)

A criança, que não teve o nome revelado, foi enterrada nesta quinta-feira (22). O acidente ocorreu por volta de 12h30 de quarta-feira (21) na Escola Projeto Kids Berçário e Ensino Fundamental, localizada na Rua Moliére, na Vila Sofia. Uma mulher conduzia uma BMW 320i preta, avaliada em cerca de R$ 300 mil, quando perdeu o controle do veículo e colidiu contra o muro da escola.

Câmeras de segurança da creche registraram o momento em que o carro atinge a instituição de ensino. O automóvel bateu em um portão e, na sequência, atingiu uma parede, que ficou destruída. Com o forte impacto, uma professora e a criança de 4 anos foram atingidas.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a funcionária sofreu fraturas em ambas as pernas e no ombro, foi atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada ao pronto-socorro do convênio.  A criança sofreu uma parada cardiorrespiratória e foi levada pelos bombeiros ao pronto-socorro do Hospital Albert Einstein. Após algumas tentativas de reanimação, ela não resistiu aos ferimentos.

Após o acidente, a motorista permaneceu no local até a chegada das equipes da Polícia Militar. A Escola Projeto Kids Berçário e Ensino Fundamental se negou a passar informações. A unidade foi interditada por conta de abalos na estrutura.

Anúncio