OAB-AM acompanha caso de advogado assassinado na zona sul de Manaus

O caso aconteceu na noite desta terça-feira, (1º), em frente à casa da vítima, no bairro Aparecida, zona sul da capital

Manaus- A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amazonas (OAB-AM), está acompanhando de perto o andamento das investigações que envolve a morte do advogado Luís Carlos Calderaro Souza, de 60 anos, ocorrido na noite desta terça-feira, (1º), em frente à casa da vítima, localizada no bairro Aparecida, zona sul de Manaus.

(Foto: Montagem D24am / Reprodução)

O presidente da OAB-AM, Jean Cleuter Mendonça, lamentou o ocorrido e informou que a Seccional estará acompanhando de perto as investigações.

“É com profunda tristeza e preocupação que a OAB-AM recebeu a notícia do trágico falecimento do nosso colega advogado Luís Carlos Calderaro Souza. Neste momento, nossa instituição está empenhada em acompanhar de perto o desenvolvimento das investigações, acreditando que as autoridades competentes irão conduzir o caso com a máxima diligência e imparcialidade. Prestamos nossas condolências à família e amigos enlutados e reafirmamos nosso compromisso em defender a justiça e a integridade da advocacia na região”, declarou Jean.

O presidente disse ainda que a Ordem dos Advogados do Brasil Seccional do Amazonas não medirá esforços institucionais para garantir que esse caso seja tratado com a devida seriedade e que todas as medidas cabíveis sejam tomadas para esclarecer os fatos e responsabilizar os envolvidos.

De acordo com o presidente Comissão de Direitos e Prerrogativas e Valorização da Advocacia da OAB-AM, Alan Johnny, que esteve presente na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), na tarde desta quarta-feira, dia 2 de agosto, a OAB-AM está acompanhando de forma diligente o desenvolvimento das investigações da a Seccional e já expediu ofícios aos órgãos da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP) para garantir a celeridade e a imparcialidade nas apurações.

“Estivemos hoje na Delegacia Especializada em Homicídios e fomos recepcionados pelo delegado Antônio Cláudio e o delegado Ricardo Marinho, que estão à frente das investigações que vitimou o advogado Luís Carlos de homicídio. Foram nos passando informações bastante importantes que deverão ser mantidas em sigilos e vamos prosseguir acompanhando as autoridades policiais que prestaram toda a atenção e receptividade a classe dos advogados e ao caso também”, informou Alan.

Anúncio