Operação investiga comercialização de medicamentos de uso veterinário falsos

Os produtos estavam sendo vendidos para Pet Shops em Manaus e em Manacapuru, Iranduba e Presidente Figueiredo

Manaus- A operação ‘PetSafe’ deflagrada nesta quarta-feira (29), investiga a comercialização de medicamentos de uso veterinário falsos e sem registro no órgão competente. A ção foi realizada pela Delegacia Especializada em Crimes contra o Consumidor (Decon), com o apoio do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Amazonas (CRMV-AM) e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

(Foto: Erlon Rodrigues e Divulgação/PC-AM)

De acordo com o delegado Rafael Guevara, titular da Delegacia Especializada em Crimes contra o Consumidor (Decon), as investigações iniciaram após denúncia oriunda do CRMV-AM, informando a comercialização de medicamentos de uso veterinário sem registro no MAPA, com informações falsas nas caixas e nas bulas.

No decorrer das diligências, foi verificado que os medicamentos estavam sendo vendidos para Pet Shops em Manaus e nos municípios de Manacapuru, Iranduba e Presidente Figueiredo.

“Também averiguamos que constam informações falsas nas embalagens e bulas dos fármacos, inclusive os dados da fabricante e do responsável técnico são inverídicos. Os produtos não têm registro no Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa)”, explicou o delegado.

Conforme a autoridade policial, nesta quarta-feira, foi dado cumprimento ao mandado de busca e apreensão em uma casa situada no bairro Lírio do Vale, zona oeste, que pertence ao suspeito de ser o distribuidor dos medicamentos em Manaus nos demais municípios.

“No local, foram encontrados diversos documentos comprobatórios, como recibos, boletos e anotações da venda dos produtos. As investigações apontam que o fornecedor é do estado do Ceará. A operação irá continuar para identificar os demais envolvidos”, afirmou Guevara.

O homem foi indiciado por venda ou distribuição de produtos para fins terapêuticos ou medicinais, sem registro no órgão competente e de procedência ignorada. Ele ficará à disposição da Justiça.

Anúncio