‘Papudinho’ faz trabalhador de ‘escudo humano’ e ambos são mortos na Compensa

O alvo seria o líder da facção criminosa; Ele usou um trabalhador como ‘escudo humano’

Manaus – Reberson Barros dos Santos, 33, e Alexandre Azevedo Costa, 24, vulgo ‘papudinho’ foram executados a tiros nesta sexta-feira (6) na rua São Vicente, bairro Compensa 2, zona oeste de Manaus.

(Foto: Reprodução 1: Papudinho / 2: Reberson Barros)

Segundo informações, pelo menos 5 homens armados desceram de 2 carros e começaram e atirar contra as vítimas. O alvo seria ‘papudinho’, líder de uma facção criminosa. Mas, durante o ataque, ele correu para usar como escudo humano o mecânico Reberson, mais conhecido como ‘lacraia’.

Moradores da área disseram que ‘lacraia’ era trabalhador, um dos melhores mecânicos do bairro e não tinha nada a ver com a situação e nem envolvimento com o crime.

O mecânico que acabou servindo de escudo humano para o bandido foi atingido por 5 tiros. Já ‘papudinho’, foi atingido por 4 tiros.

Reberson morreu ainda no local. “Papudinho” foi socorrido e acabou morrendo no SPA.

Policiais Militares da 8ª Companhia Interativa Comunitária (CICOM) foram acionados e fizeram o isolamento do local.

O crime deve ser investigado pela Delegacia de Homicídios e Sequestros (DEHS).

Anúncio