Pedreiro teve morte encomendada após levar calote e cobrar contratante no AM

O crime ocorreu no dia 5 de dezembro de 2023, na rua 15 de Janeiro, bairro Mauazinho, zona leste de Manaus

Manaus – Francinaldo de Sena de Souza, 48, foi preso por meio de mandado de prisão preventiva na segunda-feira (8), pelo homicídio de Jozimar Alves de Souza, que tinha 48 anos. O crime ocorreu no dia 5 de dezembro de 2023, na rua 15 de Janeiro, bairro Mauazinho, zona leste de Manaus.

(Foto: Erlon Rodrigues/PC-AM)

De acordo com a delegada Deborah Barreiros, adjunta da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), a motivação do crime teria sido o fato de Jozimar ter ido cobrar Francinaldo a respeito do pagamento de serviços prestados por ele.

“A vítima trabalhava como pedreiro, havia trabalhado para o autor e não recebeu pelo serviço. Então, Jozimar foi a procura de Francinaldo para cobrá-lo e este, por sua vez, revoltou-se e foi atrás de criminosos para ceifarem a vida da vítima. Na ocasião, os envolvidos desferiram diversas facadas contra o pedreiro”, disse.

Ainda segundo a delegada, a prisão preventiva do indivíduo foi cumprida no momento em que ele estava em audiência de custódia, por violência doméstica no âmbito da Lei Maria da Penha.

“Referente aos demais envolvidos, as equipes policiais continuarão com as diligências para encontrá-los”, relatou a delegada.

Francinaldo de Sena de Souza responderá por homicídio e ficará à disposição do Poder Judiciário.

Anúncio