Personal é assassinado com facada após reclamação de vizinho sobre som alto

O vizinho suspeito de assassinar o personal trainer foi preso e contou outra versão do crime

Distrito Federal – O personal Lucas Rodrigues Silva, 29, foi morto com uma facada no peito após uma discussão com o vizinho Jaider de Santana Amaral, 47, que se irritou com som alto. De acordo com o site Metropóles, o crime ocorreu na madrugada de domingo (11), na QNL 07, Conjunto D, em Taguatinga (DF).

Personal trainer é assassinado com facada por vizinho após reclamação sobre som alto (Foto: Reprodução / Redes Sociais)

A namorada de Lucas, Beatriz Souza Lopes, 22, explicou que Lucas chegou por volta de meio-dia do sábado (11) na casa dela e viu o vizinho Jaider  “encarando” os dois. Ela conta que, durante a tarde, eles foram ao mercado duas vezes e o homem os seguiu em ambas.

Ainda segundo a jovem, por volta de 1h, a irmã dela estava indo embora da casa com o marido e a família foi toda para fora para se despedir. Em seguida, eles viram o vizinho com uma faca na mão. A irmã de Beatriz resolveu questionar o que o Jaider queria e segundo ela, foi quando o homem partiu para cima deles.

A vítima, o cunhado de Beatriz e mais um familiar teriam conseguido bater com uma madeira na mão do suspeito e derrubar a arma. A namorada de Lucas contou que ele tentou imobilizar o homem e caiu abraçado com ele no chão. Em seguida, o vizinho puxou uma outra faca que estava na cintura e acertou um golpe no peito do personal.

Lucas ainda foi levado ao Hospital Regional de Ceilândia, mas não resistiu ao ferimento e morreu.

Som Alto

Em depoimento à Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), Jaider Amaral confessou o crime, mas contou uma outra versão. Ele afirmou que Lucas se mudou para a região em março de 2022 e costumava ficar até as 4h da madrugada fazendo “barulho e bebendo com som alto”.

Anúncio