Polícia Civil apresenta balanço da operação ‘Guará’, que prendeu familiares de ‘Zé Roberto’

Operação prendeu irmã do narcotraficante, Maria Cléia Fernandes Barbosa, o marido dela e outras 18 pessoas. Segundo a polícia, os presos têm envolvimento no massacre ocorrido no sistema carcerário do Amazonas em maio deste ano

Manaus – A polícia Civil apresentou na manhã desta quinta-feira (1º) o balanço da operação ‘Guará’, deflagrada na última sexta-feira (26) em quatro estados brasileiros: Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte e Santa Catarina . De acordo com a PC, 20 pessoas foram detidas durante a ação, sendo 16 em cumprimento de mandado de prisão e quatro em flagrante.

Os policiais aprenderam R$ 40 mil em espécie, armas de grosso calibre, submetralhadoras, pistolas, revólveres, dois carros , uma motocicleta, um notebook, nove celulares e dez quilos de entorpecentes.

blank

O grupo foi capturado em Florianópolis, capital de Santa Catarina (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Segundo as investigações da polícia, os presos têm envolvimento no massacre ocorrido no sistema carcerário do Amazonas entre os dias 26 e 27 de maio.

Entre os presos está a irmã do narcotraficante ‘Zé Roberto da Compensa’, Maria Cléia Fernandes Barbosa, 45, e o esposo de Maria e cunhado de ‘Zé Roberto’, identificado como Marcelo Frederico Barbosa Júnior, 29. O grupo foi capturado em Florianópolis, capital de Santa Catarina.

O delegado de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), Mário Junior, explicou a produção da operação. “O nosso objetivo é esclarecer os meios empregados, a motivação e as pessoas que participaram dessa trama. Os suspeitos atraíram o magnata para a cidade de Teresina, chegando lá, ele foi feito refém, levado a um cativeiro, torturado e obrigado a gravar um vídeo para dar credibilidade a facção, a ordem foi da cúpula da facção, ligadas a ‘Zé Roberto’, que estão na liderança da facção”, disse.

Ainda segundo o delegado, duas pessoas ainda estão sendo procuradas pela polícia. Alan, vulgo ‘Zaqueu’ e Fabrício, que não tiveram os nomes completos divulgados pelo delegado para não prejudicar as investigações.

Prisões

As prisões de Maria Cléia Fernandes Barbosa, 45, Marcelo Frederico Laborda Júnior, 29, e Charles dos Santos Rodrigues, 29, conhecido como ‘Charles BB’, ocorreram na cidade de Florianópolis (SC).

Maria Cléia e Charles são irmãos do narcotraficante ‘Zé Roberto da Compensa’. Charles já possuía outro mandado de prisão em aberto e, segundo a polícia, era fugitivo do sistema prisional.

Na operação, também, foram presos Andreza Rodrigues Lobo, 34, Leandro dos Santos Chaves, 25, e Rômulo Raphael dos Santos Morais, 27, em Natal (RN). Com eles, a polícia apreendeu entorpecente.

Na cidade de Teresina (PI), as equipes cumpriram mandados de prisão em nome de Daniel Fernandes Benvindo de Souza, 21, Franco Jorge da Conceição, 31, Ivone de Araújo Mutimo, 38, Marcilena Sanches Pereira, 44, Rachel Barbosa de Oliveira, 37, Romário Ramalho Pinto, 25, e Sinélia Silva Parta, 48.

Em São Luís (MA), ocorreu a prisão de José Lobo Rodrigues, 36, já Marlison Prata Mutimo Silva, 22, foi preso no município de Estreito, também no estado do Maranhão.

Anúncio