Polícia orienta consumidores que desejam fazer compras na Black Friday

Os golpes mais comuns neste período estão no comércio eletrônico; entenda

Manaus- O mês de novembro é marcado pelo evento da ‘Black Friday’, que acontece na última sexta-feira do mês, e é conhecido mundialmente por baixos preços de produtos. No Brasil, o evento se popularizou e tomou grandes proporções, onde o comércio realiza campanhas, propagandas e descontos como forma de atrair o consumidor, entretanto, algumas dessas promoções são enganosas e até mesmo golpes.

(Foto: Lyandra Peres/PC-AM)

Pensando nisso, a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Crimes contra o Consumidor (Decon), orienta a população que deseja realizar compras seguras e informa como se prevenir contra golpes.

De acordo com o delegado Rafael Guevara, titular da unidade especializada, os golpes mais comuns neste período estão no comércio eletrônico, pois os autores aplicam golpes na internet por meio de sites clonados de grandes lojas para lesar os consumidores, bem como criam lojas virtuais fantasmas que não existem.

“Chamamos a atenção para aqueles consumidores que queiram aproveitar as promoções da Black Friday para realizarem compras em lojas já conhecidas e, em casos de compras online, devem ter algumas cautelas ao concluir as suas compras, quando entrarem em sites e páginas oficiais digitando no navegador o endereço eletrônico verídico da loja”, informou.

O delegado recomenda que os consumidores prestem bastante atenção ao acessarem o site, e alerta que todo site seguro e oficial possui um cadeado no campo superior da busca do navegador, onde o consumidor poderá clicar no símbolo para verificar as informações confiáveis do site.

“As equipes policiais da Decon observaram que os golpes de vendas no comércio virtual são muito comuns, pois nos últimos anos foram os crimes mais registrados durante o período de promoções da Black Friday. Caso o consumidor seja vítima desse golpe, basta comparecer na unidade policial munido de comprovantes de pagamento, prints do site de venda e de eventuais conversas com o vendedor para que possamos iniciar as investigações”, ressaltou.

O titular da Decon também alerta que, neste período, há propagandas enganosas cometidas por empresas. Ocorre que as mesmas aumentam os preços e, chegando próximo a semana da promoção da Black Friday, baixam os valores para dar a falsa ideia de que os produtos entraram em desconto.

“A Black Friday este ano será realizada no dia 24 de novembro. Em casos como este, o consumidor pode consultar a faixa de preços previamente daquele produto e evitar ser engado”, salientou.

Canais de denúncias

A Decon está situada na rua Desembargador Felismino Soares, bairro Colônia Oliveira Machado, zona sul. As denúncias também podem ser feitas por meio do site da Delegacia Virtual pelo endereço eletrônico, para registrar o Boletim de Ocorrência (BO).

Anúncio