Preso mais um envolvido na morte do jovem Melquisedeque; veja vídeo

Janderson foi preso após ter sua imagem divulgada pela Polícia Civil

Manaus – Janderson Cabral Cidade, 20, foi preso por envolvimento no latrocínio de Melquisedeque Santos do Vale, que tinha 20 anos. A prisão do suspeito aconteceu nesta quinta-feira (17), na casa de sua companheira na Avenida Madre Teresa, conjunto Carlos Braga, Montes das Oliveiras, zona norte de Manaus.

Janderson foi preso após ter sua imagem divulgada pela Polícia Civil. Horas depois policias militares da 15ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) receberam denúncia que informava o paradeiro dele.

“Deslocamos até o local e fizemos o cerco, conseguimos fazer a detenção do acusado dentro da residência. Ele não esboçou nenhuma reação”, explicou a sargento Sheila Kelly.

Após ser preso, Janderson foi levado a Delegacia Especializada em Roubos Furtos e Defraudações (Derdf). À polícia, ele confessou ter atirado contra Melquisedeque. Ele é o segundo preso, por envolvimento no crime.

“Nós conseguimos qualificar um segundo elemento e colocar hoje na imprensa, no disque denúncia e rendeu. Retiramos de circulação um indivíduo de alta periculosidade, que tirou a vida de um trabalhador, sem nenhuma pena”, destacou o delegado Adriano Félix.

Nesta quarta-feira (16), a polícia prendeu Lucas Lima, 24, também por envolvimento no crime. O suspeito foi o responsável por obrigar o motorista do ônibus a desviar a rota e entrar na Avenida Santos Dumont.

A polícia investiga a participação de um terceiro no suspeito no crime. Conforme o delegado Adriano Félix, os dois criminosos possuem passagem.

Depois de participar do latrocínio, Lucas foi preso no dia 28 de dezembro com uma arma de fogo, usada no crime e no dia oito de fevereiro deste ano, foi preso por tráfico de drogas.

A dupla vai responder pelo crime de latrocínio. Eles serão encaminhamos a Central de Recebimento e Triagem (CRT) e ficarão à disposição da Justiça.

Veja o vídeo:

Anúncio