Preso suspeito de assassinar agricultor em sítio na BR-174

O mandante do assassinato do agricultor de 69 anos ainda está foragido

Manaus – Alan César Multimo foi preso na quinta-feira (30) suspeito de assassinar o agricultor Ivan Batista Maciel, 69. O crime aconteceu na segunda-feira (27) em um sítio no ramal Hollywood, km 28, da BR-174, área metropolitana de Manaus. A vítima foi encontrada dentro do banheiro por um funcionário.

 

De acordo com o delegado Adriano Felix, titular da Delegacia Especializada De Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), Romário é o mandante do assassinato. Ele trabalhava para a vítima e ficou chateado com a forma que havia sido demitido. O agricultor estava sozinho quando os suspeitos chegaram no sítio.

Alan e Romário torturaram o agricultor na sala da residência. A vítima teve as mão e os pés amarrados. O delegado informou que a sessão de tortura era para saber onde estava as armas e o dinheiro que o agricultor escondia. Após a tortura, o Romário desferiu dois golpes de facão no peito de Ivan Batista.

Durante as investigações da DERFD, as armas da vítima foram descobertas na casa de um menor que havia sido chamado para participar do crime. O menor negou participar do assassinato, mas ajudou Alan e Romário a esconderem as armas roubadas.

O crime foi classificado pela polícia como latrocínio (assalto seguido de morte). A picape modelo Strada da vítima foi roubada e localizada nas proximidades da comunidade. As armas foram recuperadas e apresentadas na Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (DEAAI) e duas TVs da vítima foram apreendidas em uma boca de fumo no bairro Petrópolis.

Romário já tem passagens pelos crimes de roubo e furto. Quem tiver informações acerca da localização do suspeito deve entrar em contato pelo número (92) 99427-5821, da DERFD, ou pelo 181, da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

Anúncio