‘Quadrilha do Pix’ faz empresário refém em cativeiro por 17 horas

Vítima vive nos EUA há 20 anos com a família, dois filhos e a mulher grávida. Ele estava no Brasil para um tratamento médico

São Paulo – Um empresário foi libertado de um cativeiro, na tarde deste domingo (23), após ficar cerca de 17 horas sob cárcere em uma comunidade na travessa Nova Esperança, Parque Taipas, zona norte de São Paulo.

(Foto: Divulgação Polícia Militar)

A vítima é um brasileiro que mora com a família, dois filhos e a esposa grávida, há 20 anos nos Estados Unidos. De acordo com a Record TV, o vendedor decidiu viajar sozinho a São Paulo, durante uma semana para um tratamento odontológico.

Aos policiais militares, a vítima afirmou que por volta das 23h do sábado (22) estava parada no semáforo de uma Avenida quando cinco homens armados o abordaram e ordenaram que ele entrasse no banco de trás de seu carro.

Na sequência, o empresário foi levado ao cativeiro, onde os sequestradores tentaram fazer transferências bancárias, mas pelo fato de o homem não ter Pix por não ter conta no Brasil, os homens não conseguiram fazer a transação.

Embora as tentativas de transações bancárias não tenham ocorrido, os criminosos roubaram pertences pessoais do empresário: R$ 1.000 em dinheiro que estavam na carteira e o carro alugado da vítima.

A PM foi acionada por volta das 16h, por meio de uma denúncia anônima. Quando chegaram ao endereço onde funcionava o cativeiro, encontraram o empresário com braços e pés amarrados, mas sem ferimentos.

O responsável por fazer a vigilância do cativeiro no momento em que os PMs chegaram era um adolescente, de 16 anos, apreendido. Segundo a PM, os sequestradores não foram localizados. A polícia faz buscas para encontrar os envolvidos.

O caso foi registrado no 72º Distrito Policial da Vila Penteado.

Anúncio