Servidores públicos são presos suspeitos de furtar gerador de hospital em Manaus

Entre os presos está o ex-chefe do departamento de logística da Secretaria de Saúde do Amazonas (SES-AM)

Manaus- Três pessoas, sendo dois servidores públicos, foram presos nesta terça-feira (21), suspeitos de furto e venda de um gerador de energia do Hospital Psiquiátrico Eduardo Ribeiro, na Avenida Constantino Nery, bairro Chapada, zona centro-sul de Manaus. Entre os presos está o ex-chefe do departamento de logística da Secretaria de Saúde do Amazonas (SES-AM).

(Foto: Divulgação PC-AM)

Além do servidor, uma diretora da unidade de saúde e outra pessoa também foram presos.

O trio foi preso após investigações conduzidas pela Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), após denúncias de um suposto furto de um gerador de energia. Há suspeitas ainda que outros materiais tenham sido furtados e comercializados pelo trio.

Os três presos serão encaminhados à audiência de custódia e ficarão à disposição da Justiça, onde deverão responder por crimes como peculato, furto, organização criminosa e porte/posse ilegal de arma de fogo.

Anúncio