Suspeito de assalto morre após ser linchado no bairro Zumbi 2, em Manaus

Moradores disseram que o homem foi apontado por ter tentado roubar um celular na saída de uma escola. Ele foi espancado por moradores e morreu no local

Diogo Rocha / [email protected]

Homem foi morto na na Rua Antenor Cavalcante, no bairro Zumbi 2 (Foto: Raquel Miranda)

Homem foi morto na na Rua Antenor Cavalcante, no bairro Zumbi 2 (Foto: Raquel Miranda)

Manaus – Um homem não identificado suspeito de cometer um assalto, no bairro Zumbi II, na zona leste de Manaus, morreu após ser linchado, na noite de quarta-feira (21). Moradores da área informaram que o homicídio ocorreu após uma estudante da Escola Estadual Antônio Nunez Jimenez, na Rua Antenor Cavalcante, pedir por socorro ao gritar ‘assalto’, quando saía do colégio por volta das 22h.

Dois suspeitos, conforme vizinhos próximos da escola estadual, tentaram roubar o celular da vítima. Um deles conseguiu fugir e outro foi segurado por moradores do bairro Zumbi II e espancado. O homem não resistiu aos graves ferimentos e faleceu. No Instituto Médico Legal (IML) e na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) não há registros da morte e nem do crime.

Ainda segundo os moradores do Zumbi dos Palmares, o homem morto era do bairro Colônia Antônio Aleixo, na zona leste da cidade, e teria ido cometer assaltos no local. Alguns vizinhos chegaram a ligar para polícia para evitar o linchamento do suspeito.

“Ele não era ladrão, a população que acusou de roubo. Mas o homem não tinha nenhuma arma, quem vai assaltar fica armado. Quando vimos, já tinha um monte de pessoas batendo a cabeça dele na parede e dando pauladas”, disse uma vizinha, que preferiu não se identificar.

Anúncio