Suspeito de estuprar criança tem prisão mantida e é levado para presídio em Manaus

Prisão temporária foi mantida e suspeito recolhido para uma unidade prisional segura devido ameaças

Manaus –  Rogério Lindoso dos Passos, de idade não revelada, suspeito de estupro de vulnerável cometido contra uma criança de 4 anos, em um provador de uma loja em um shopping da zona norte de Manaus, teve a prisão temporária mantida no fim da tarde da terça-feira (21) e foi recolhido para uma unidade prisional. O homem alega inocência.

Suspeito de estuprar criança tem prisão mantida e é levado para presídio em Manaus (Foto: Reprodução – Rede Social)

Segundo a decisão do juiz de direito plantonista das Audiências de Custódia, Eliezer Fernandes Júnior, foi analisado o processo e constatou-se a legalidade dos procedimentos de cumprimento do mandado de prisão e por isso, Rogério foi recolhido a uma unidade prisional em local seguro.

Ainda segundo o juiz plantonista, Rogério deve ser colocado em um local seguro por conta dele ter relatado estar recebendo ameaças contra a sua vida. O processo corre em segredo de Justiça.

Rogério possuía um mandado de prisão deferido no dia 13 de março deste ano. A ordem foi expedida pelo Plantão Criminal, do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM). Após ser procurado pela polícia, ele se apresentou na Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (Depca), na segunda-feira (20), acompanhado de seu advogado.

Em entrevista, Rogério afirmou ser inocente e disse que os vídeos divulgados do suposto estupro são falsos.

“Eu sou inocente, estou sendo ameaçado, o vídeo postado e um vídeo editado, eu soube desse caso só dia 10, eu estive na loja, entrei para experimentar roupas, experimentei e ninguém chegou a entrar no meu provador”, disse Rogério.

“Eu não cheguei a falar com a criança e nem com a mãe, para me defender, preciso do vídeo inteiro, o que aconteceu foi um mal entendido”, enfatizou Rogério.

Sobre o caso: 

De acordo com a delegada Joyce Coelho, titular Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), o crime ocorreu no dia 2 de março deste ano, momento em que a vítima estava no provador de uma loja, situada em um shopping center na zona norte de Manaus.

As imagens mostram quando o homem entra sozinho na área dos provadores da loja. Em seguida, a criança surge acompanhada da mãe indo em direção a uma das cabines femininas. Em um determinado momento, a menina acaba não percebendo a direção em que tinha ido com a mãe e segue para o compartimento masculino.

A mulher chegou a procurar pela filha do lado de fora dos provadores. Após um tempo, a menina retornou pedindo para ir embora do local.

A criança contou a mãe que o homem levantou a blusa dela e acariciou a região dos seus seios. A delegada Joyce Coelho, titular da Depca, informou que o ato libidinoso do homem de acariciar a região dos seios da menina já caracteriza estupro de vulnerável.

Anúncio