‘Vai vir em pé ou deitado’, diz comandante-geral da PMAM sobre assassino de cabo; veja vídeo

Após a morte do cabo da PM nesta quarta-feira (4), uma operação será realizada para caçar quem cometeu o crime

Manaus – Após o assassinato do cabo da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) Isaias Cardoso de Oliveira Filho, 38,  o Comandante-Geral da PMAM, Coronel PM Marcus Vinícius Oliveira de Almeida, prometeu caçar quem cometeu o crime. O caso aconteceu nesta quarta-feira (4) na comunidade Parque Riachuelo, bairro Tarumã, zona oeste de próximo ao local em que foi registrado um triplo homicídio, na terça-feira (3).

(Foto: Francisco Rodrigues GDC)

“Nós iremos sair hoje a caça. Esse crime não vai ficar impune. Eu pessoalmente estarei a frente da tropa e nós não vamos parar enquanto nós não responsabilizarmos quem fez isso. Quero dizer que ou vai vim em pé ou vai vim deitado. Nós só sairemos das ruas quando esse crime estiver solucionado. Não tem gracinha, não tem criminoso para vim peitar a Polícia Militar do Amazonas”, disse o Coronel na Câmara Municipal de Manaus (CMM).

A esposa do cabo Isaías foi quem encontrou ele morto com vários disparos de espingarda, principalmente no peito, no quintal da residência onde três homens foram executados por criminosos na terça-feira (3). A polícia informou que o mesmo não tinha nenhum envolvimento com os homens mortos no ataque criminoso.

Veja vídeo:

Anúncio