Vídeo: homem matou agricultor para roubar armas e vingar crime no AM

Romário disse que ficou escondido no meio da mata, mas ficou com medo e resolveu se entregar a polícia

Manaus – Romário Luis Fernandes da Silva, 28, foi pesos nesta segunda-feira (4), suspeito de matar o agricultor Ivan Batista Maciel, 69. O crime aconteceu na segunda-feira (27) em um sítio no ramal Hollywood, km 28, da BR-174, área metropolitana de Manaus.

O suspeito já tinha passagens pelos crimes de roubo e furto e  estava sendo procurado pela polícia após ser delatado como o executor do latrocínio. Na última sexta-feira(1º), outro suspeito já tinha sido apresentado pela polícia. Alan César Multimo foi preso na quinta-feira (30), suspeito de ser o mandante do crime. 

Segundo o delegado Adriano Félix, titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), após a divulgação da imagem de Romário, a polícia tomou conhecimento que ele queria se entregar e foi até o local onde eles estava, efetuando a prisão.  Na delegacia, o suspeito disse que queria roubar duas armas para vingar um crime.

” Romário alega que já trabalhou como Sr. Ivan e queria as armas do homem no intuito de vingar a morte do pai de Alan, que seria seu primo, fato este que não tínhamos conhecimento ainda. Foi quando no decorrer desse roubo, o Sr. Ivan reagiu e acabou seno morto”, disse o delegado.

Ao ser preso, Romário disse que estava sendo ameaçado por uma facção, por isso tentou roubar as armas. ” Eu estava sendo ameçado pela facção. Eu queria só pegar as armas. Eu não tinha intenção de matar ele não”, disse o suspeito.

Ainda segundo a polícia, Romário disse ainda que ficou escondido no meio da mata, na Comunidade São João, mas ficou com medo e resolveu se entregar a polícia. Ele vai responder pelo crime de latrocínio e foi encaminhado para a audiência de custódia.

Veja vídeo:

Anúncio