VÍDEO: morte de instrutor de Jiu-Jitsu estaria relacionada ao comércio de ouro

Quatro pessoas foram presas suspeitas de envolvimento no crime

Manaus – Antônio Ricardo Gomes de Sá, 36, Carlos Inácio Ferreira de Souza, 35, Fabrício dos Santos Gonçalves, 42 e Kauã Iago Santos das Neves, foram presos suspeitos de envolvimento na execução do instrutor de Jiu-Jitsu James Nascimento Mota, 49. O crime ocorreu no dia 8 de março deste ano, na rua 5 de Setembro, bairro São Raimundo, zona oeste da capital. A morte está relacionada ao comércio de ouro.

blank

(Foto: Divulgação PC-AM)

De acordo com a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o grupo criminoso foi preso na durante Operação Iscariotes, que identificou uma rede criminosa por trás do delito, com mandantes, intermediadores, apoiadores logísticos e executor. A morte está relacionada ao comércio de ouro.

James foi atingido por disparos de arma de fogo ao chegar à academia em que treinava.

Segundo informações de testemunhas, o instrutor estava dentro do veículo quando foi abordado por homens armados que desferiram disparos de arma de fogo contra ele. Segundo a família, a vítima estava na frente da academia em que trabalhava no momento do crime.

Após o crime, os suspeitos fugiram do local em outro carro que estava estacionado do outro lado da rua.

****Matéria em atualizada às 11h.

Veja vídeo:

Anúncio