Vídeo: polícia procura quarto envolvido em assassinato dentro de hotel

Segundo a polícia, a vítima foi morta por engano em seu local de trabalho

Manaus – A Polícia Civil procura o quarto envolvido no assassinato de Ivan Santana de Miranda, 24, morto a tiros na manhã deste sábado (30), dentro de um hotel localizado na avenida Joaquim Nabuco, Centro de Manaus. Dois homens foram presos em flagrante e um adolescente de 15 anos foi apreendido pelo crime.

Davi Pereira Costa, 19, e Nelson Gonçalves Macedo, conhecido como ‘Guaxinim’, 29, foram presos em flagrante na manhã de sábado, no mesmo bairro onde ocorreu o crime, pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros, em ação conjunta com a Polícia Militar do Amazonas.

De acordo com o delegado Ricardo Cunha, titular da DEHS, um adolescente de 15 anos e um homem identificado apenas como Jair, o ‘Gordinho’, participaram do crime.

“O grupo criminoso alegou que Ivan foi morto por engano, em seu local de trabalho. Dois deles, no dia do crime, ficaram do lado de fora, e outros dois abordaram a vítima na recepção, onde Nelson efetuou os disparos de arma de fogo contra Ivan”, relatou o titular.

Segundo o delegado, ainda no sábado, meia hora após o homicídio, durante patrulhamento de rotina pelo Centro, policiais militares perceberam que Davi e o menor, tiveram atitudes suspeitas ao avistarem a viatura da PM, momento em que a guarnição realizou abordagem e revista pessoal e encontrou o celular que pertencia a Ivan Santana, levado após o homicídio.

“A guarnição levou o adolescente e Davi para Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (DEAAI), e, durante os procedimentos, o menor confessou sua participação no ato infracional análogo ao crime de homicídio. Nossa equipe foi acionada pelos colegas da DEAAI, ocasião em que fomos ao local do fato e tivemos acesso às imagens das câmeras de segurança do estabelecimento, e constatamos a participação dos dois, além de outros dois indivíduos, no delito.”, explicou Cunha.

Conforme o delegado, em depoimento, a dupla informou que Nelson e Jair estavam escondidos, e entregou o paradeiro deles. “Eles levaram os policiais onde ‘Guaxinim’, o autor dos disparos, foi preso e Jair evadiu-se do local com a arma do crime, e agora está foragido”, disse a autoridade.

Davi e Nelson irão responder por homicídio qualificado e corrupção de menor. Ambos ficarão à disposição da Justiça. O adolescente foi encaminhado à DEAAI para os procedimentos cabíveis.

Procurado

O quarto envolvido no crime, identificado apenas como Jair, conhecido como ‘Gordinho’, está sendo procurado pela DEHS, apontado como o organizador do crime. “Quem tiver informações acerca da localização desse infrator deve entrar em contato pelo número (92) 98118-9535 ou pelo 181, da Secretaria de Estado de Segurança Pública”, ressaltou o titular.

Veja o vídeo:

Anúncio