Vídeo: presos suspeitos de integrarem ‘tribunal do crime’ que atua em Manaus

O trio preso nesta terça-feira é suspeito de integrar um “tribunal do crime” que atua no bairro Japiim

Manaus – Thiago Viana Gomes, 35, Giovane Cordeiro Nascimento, 21, vulgo “Nego Johson”, e Breno Romário de Melo Leite, 28, foram presos na manhã desta terça-feira (26) suspeitos de integrarem um “tribunal do crime” que atua no bairro Japiim, em Manaus.

O trio preso nesta terça-feira é suspeito de integrar um “tribunal do crime” que atua no bairro Japiim (Foto: Reprodução)

Os indivíduos são suspeitos de envolvimento na morte de Luiz Brasiliano de Souza no dia 29 de maio deste ano, também no Japiim. O trio foi preso durante a deflagração da Operação Polivalente da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

De acordo com o delegado Ricardo Cunha, titular da DEHS, a motivação da morte de Luiz Brasiliano seria um desentendimento da vítima com a organização criminosa.

“A vítima (Luiz) tinha um irmão que realizava pequenos furtos na região e recebeu um ‘corretivo’ da facção. Luiz presenciou o espancamento do irmão e começou a fazer ameaças aos integrantes da facção criminosa, dizendo que ia denunciar. Por esse motivo, ele teve sua morte decretada”, explicou o delegado.

Luiz foi vítima de disparos de arma de fogo. Durante as investigações, a polícia descobriu que o trio criminoso também está envolvido em um sequestro que aconteceu em novembro do ano passado no Centro da cidade. A vítima do sequestro era de uma facção rival e conseguiu fugir após ser torturada.

Ainda de acordo com o delegado, o trio já possui passagens por tráfico de drogas, roubos e outros delitos. Após a prisão na DEHS, os homens foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) para fazer o exame de corpo de delito.

Veja vídeo:

 

Anúncio