Vídeos: homem é linchado e tem corpo incendiado em Japurá, no AM

A vítima era suspeita de atuar como ‘pirata do rio’; outros dois homens foram presos

Manaus – Um homem teve o corpo incendiado na tarde desta quarta-feira(6), no porto do município de Japurá (a 744 quilômetros a noroeste de Manaus), após ser linchado por supostamente agir como ‘pirata do rio’. Outros dois homens foram presos pela polícia após serem espancados pelos moradores do município.

Segundo informações da população, os suspeitos estariam abastecendo um barco quando foram reconhecidos pelos moradores. Eles teriam realizado vários assaltos em embarcações na região.

Ao serem reconhecidos, as pessoas que estavam no local se revoltaram e iniciaram uma perseguição, conseguindo capturar os suspeitos. Um dos homens morreu afogado quando tentava fugir e teve o corpo incendiado na área do porto da cidade. Os outros dois suspeitos foram presos pela polícia e encaminhados para a delegacia, após também serem espancados pelas pessoas.

A população ainda tentou invadir a delegacia do município e acabou depredando o prédio para tentar capturar os presos e dar continuidade aos espancamentos.

Segundo dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2022, divulgado nos dia 28 de junho, pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o município de Japurá é o 14º dos 30 mais violentos no Brasil.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) informou que a Polícia Militar de Japurá foi chamada para atender a ocorrência, controlando o tumulto no porto da cidade e levando dois envolvidos para a delegacia local.

Na manhã desta quinta-feira (7), uma tropa será enviada de Manaus, com policiais militares e civis para reforçar as investigações e identificar os envolvidos na ocorrência.

** Matéria atualizada às 07h5**

Veja vídeos:

Anúncio