Vulgo ‘carioca do fuzil’ é preso pela morte de empresário em Manaus

O empresário Francisco Bertin Viana, 57, foi encontrado morto dentro de um carro

Manaus – Um homem identificado apenas como Erisvaldo, conhecido como “carioca do fuzil”, foi preso nesta terça-feira (24) suspeito de envolvimento na morte do empresário Francisco Bertin Viana, 57, encontrado morto dentro de um carro. O crime aconteceu no dia 30 de março de 2022 no bairro Alfredo Nascimento, zona norte de Manaus.

O empresário Francisco Bertin Viana, 57, encontrado morto dentro de um carro (Foto: Divulgação)

De acordo com a delegada Deborah Barreiros, adjunta da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), “carioca do fuzil” era quem organizava diversos sequestros relâmpagos em Manaus. Ele realizavam os sequestros e pedia pix as vítimas e aos familiares.

Após a morte do empresário em março, as investigações chegaram até Erisvaldo. Ainda segundo a delegada, “carioca do fuzil” morava de aluguel no imóvel de Francisco e estava devendo há 6 meses o pagamento. A motivação do crime seria a cobrança do dinheiro por parte do empresário.

Relembre o caso

O corpo de Francisco Bertin Viana estava no banco de trás do veículo, modelo Hilux, de placa PHR2H71, e apresentava sinais de estrangulamento. De acordo com a polícia, o homem estava desaparecido desde o dia 29 de março e a família acreditava que ele tinha sido sequestrado.

O corpo foi encontrado por volta das 09h do dia 30 de março pelos moradores que perceberam que o homem não se mexia e nem respirava.

Anúncio