ALE abre prazo para emendas ao orçamento

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) da ALE aprovou ontem o parecer preliminar do projeto da Lei Orçamentária Anual que deve ser votado na primeira quinzena de dezembro

Manaus – A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) da Assembleia Legislativa do Estado (ALE) aprovou ontem o parecer preliminar do projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA), que deve ser votado em plenário na primeira quinzena de dezembro. A previsão para o orçamento do Estado para 2023 é de R$ 26,2 bilhões com verbas destinadas para áreas como saúde, educação, segurança e o custeio do governo.

(Foto: Alberto César Araújo)

O parecer foi aprovado durante reunião conduzida pelo presidente da CAE, deputado estadual Ricardo Nicolau (Solidariedade), com a presença da relatora da LOA, deputada Alessandra Campêlo (PSC), do deputado Serafim Corrêa (PSB) e do deputado Saullo Vianna (UB). De acordo com Ricardo Nicolau, o próximo passo será a abertura do prazo de apresentação de emendas ao orçamento por parte dos deputados, já a partir desta terça-feira, 22.

“O governo do Estado mandou um projeto com uma estimativa de mais de R$ 26 bilhões em arrecadação e esse montante, logicamente, será distribuído aos poderes e a todas as secretarias, todas as ações de governo. Agora, o próximo passo são as emendas dos parlamentares para que nós possamos votar o parecer definitivo e poder aprovar o orçamento do próximo ano”, destacou.

O projeto da LOA começou a tramitar na Aleam no dia 1º de novembro. Após a aprovação do texto preliminar pela CAE, a LOA começará a constar em pauta durante cinco sessões plenárias, conforme destacou a relatora, deputada Alessandra Campêlo.

Anúncio