Amazonino é eleito governador do Estado pela quarta vez

Manaus – Amazonino Mendes (PDT) será o governador do Estado do Amazonas pela quarta vez.

Manaus – Amazonino Mendes (PDT) será o governador do Estado do Amazonas pela quarta vez. Com 99,93% das urnas apuradas, Amazonino já tem 59,22% dos votos válidos do segundo turno das eleições suplementares deste ano, realizadas depois da cassação do ex-governador, José Melo (Pros), em maio, por compra de votos.

O candidato da coligação ‘Movimento pela reconstrução do Amazonas’ venceu Eduardo Braga (PMDB), que está com 40,78% dos votos válidos.

Aos 77 anos, Amazonino chegará ao quarto mandato de governado do Estado. Ele já foi três vezes prefeito de Manaus.

Em coletiva de imprensa, após o resultado da eleição, Amazonino diz que entende o protesto das urnas, sobre grande índice de nulos, brancos e abstenções. “Este não é problema local, se tivesse eleição em São Paulo, Pará ou Rio Grande do Sul, haveria número igual. Este fenômeno não é local e nem em decorrência dos candidatos como alguns apressados querem mostrar. Na verdade, o processo político é o grande responsável. Este número que tem o Brasil de 14 milhões e desempregados, e no nosso Amazonas 300 mil de desempregados, são dados suficientes para a gente pensar com calma e saber que há na nossa vida pessoas que estão em grande grau de sofrimento, que não podem sustentar sua família, pagar contas de luz, não podem pagar nada. Então, é natural e eu me coloco no lugar deles. Se eu tivesse desempregado, e as notícias que explodem ao longo destes anos, o mal comportamento político. O que uma pessoa desta vai fazer numa eleição? Vai votar em protesto e gente tem que respeitar, e eu respeito. Receio que este voto nulo é da maioria das pessoas desempregadas”, afirmou.

Anúncio