‘Amazonino não é candidato a nada’, diz Arthur, na véspera da desincompatibilização

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, também afirmou que não vai disputar as eleições deste ano para dar cumprimento a íntegra de seu mandato

Manaus – A dois dias do encerramento do prazo para a desincompatibilização de cargos executivos para quem pretende disputar as eleições deste ano, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, confirmou que não vai disputar as eleições deste ano para dar cumprimento a íntegra de seu mandato e, ainda, que o atual governador do Amazonas, Amazonino Mendes, também não será candidato a nenhum cargo.

Arthur cita compromisso de Amazonino de que não disputaria reeleição (Foto: Sandro Pereira)

“Amazonino não é candidato a nada”, afirmou Arthur, concentrando sua afirmação na promessa feita por Amazonino, no ano passado, quando firmava alianças para a sua candidatura ao mandato tampão e durante toda a campanha eleitoral, quando afirmou que não disputaria a reeleição, este ano e que um novo mandato de governador, por mais que de curta duração – apenas um ano – encerraria com chave de ouro sua carreira política.

“Eu confio na palavra dele. E ele disse pra mim e pra todo o Amazonas que não seria candidato a nada”, reforçou o prefeito. Arthur Neto disse, ainda, que o cidadão e eleitor não pode ser enganado. “Está na hora do Amazonas saber quem é generoso, quem é capaz de renunciar para que outros tenham oportunidades, quem é capaz de fazer renúncias em nome do bem-estar do povo do Amazonas”, afirmou.