Apuração sobre furtos e avarias em veículos na sede da PF não envolve Maus Caminhos

Trata-se de procedimento administrativo aberto a partir de informações encaminhadas ao MPF pela Corregedoria Regional da PF

Manaus – O Ministério Público Federal (MPF) informou que a apuração instaurada para acompanhar as conclusões e medidas adotadas pela comissão designada pela Superintendência da Polícia Federal (PF)  para apurar os furtos e avarias ocorridas em veículos apreendidos e acautelados no pátio da sede da PF, em Manaus, não envolve quaisquer bens apreendidos na operação Maus Caminhos.

O órgão esclarece ainda que, nos documentos encaminhados pela Superintendência da PF, não há menção a sumiço de veículos inteiros do pátio do órgão (Foto: Sandro Pereira)

Trata-se de procedimento administrativo aberto a partir de informações encaminhadas ao MPF pela Corregedoria Regional da PF, que relatam casos de alterações de peças em veículos apreendidos e estacionados no pátio do órgão, ligados a outras operações.

O órgão esclarece ainda que, nos documentos encaminhados pela Superintendência da PF, não há menção a sumiço de veículos inteiros do pátio do órgão, sobre a instauração do procedimento de apuração, tampouco envolvem veículos de luxo.

Anúncio