Belão desiste da presidência da ALE e deixa só Josué Neto como candidato

Eleição para a presidência da Assembleia Legislativa do Estado (ALE) será realizada na abertura dos trabalhos, no dia 1º de fevereiro

Manaus – O deputado estadual Berlamino Lins (PP) anunciou a retirada de sua candidatura à presidência da Assembleia Legislativa do Estado (ALE), o que deixa o deputado Josué Neto (PSD) como candidato único.  Em reunião com membros do partido no começo da noite desta quinta-feira (24), ‘Belão’ confirmou a desistência e emitiu uma carta comunicando os motivos. A eleição para a presidência da Assembleia Legislativa será realizada na abertura dos trabalhos, no dia 1º de fevereiro.

O deputado estadual Berlamino Lins (PP) anunciou, na noite desta quinta-feira (24), a retirada de sua candidatura à presidência da Assembleia Legislativa do Estado (ALE). (Foto: Arlesson Sicsú)

Berlarmino é o terceiro candidato a retirar o nome da disputa. O primeiro foi o deputado Dermilson Chagas, do mesmo partido de ‘Belão’, seguido por Serafim Corrêa (PSB), no começo desta semana.

Na carta, Belão destaca que a decisão de se retirar da disputa foi tomada em nome da “pacificação do Parlamento” e destacou a sua oitava legislatura consecutiva e, após se tornar o segundo parlamentar a exercer consecutivamente a Presidência da Mesa por três biênios, mostra a confiança dos demais parlamentares sobre a sua responsabilidade em administrar “a Casa do Povo para o povo”.

Eis a carta na íntegra:

Ao povo amazonense

Ao longo da minha trajetória política, sinto-me verdadeiramente realizado por todas as conquistas alcançadas. Encontro-me na oitava legislatura consecutiva, e fui o segundo parlamentar a exercer consecutivamente a Presidência da Mesa por três biênios, refletindo a confiança dos colegas, e a responsabilidade em administrar a Casa do Povo para o povo.

O lançamento da minha candidatura à Presidência neste novo biênio para o 4º mandato deveu-se à manifestação voluntária e aos anseios de parte da base veterana da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas. A necessidade de uma mão firme para guiar a transição entre Governos orientou parte dos colegas a estimularem essa postulação, principalmente por enxergarem na minha história um exemplo de coragem, lealdade, transparência e competência no comando de um Legislativo muitas vezes distante das realidades do nosso Estado, e dos seus próprios servidores.

Nunca me furtei à responsabilidade de lidar com temas polêmicos, nunca fui escorregadio ou temi represálias. Sempre soube me posicionar, imprimindo seriedade a todos os meus mandatos. Essa trajetória me honra, e esse orgulho levo adiante na execução e no desenvolvimento das minhas atividades parlamentares.  O povo sempre foi o meu principal horizonte, e as melhorias que eu pude imprimir nesse percurso tornaram-me o mais longevo Parlamentar em exercício de toda a história do Parlamento do Estado do Amazonas.

A minha história é composta por honrosas realizações, iniciadas com mudanças estruturantes depois de 50 anos de abandono do Legislativo. Construímos o novo complexo do Parlamento do Amazonas para o digno e correto exercício da atividade legislativa, que anteriormente encontrava-se desenvolvida em instalações não condizentes com a relevância e pungência econômica e social do nosso Estado.

Ademais, promovemos relevantes reformas e investimentos na área de recursos humanos, por meio da criação da Escola do Legislativo Senador José Lindoso, valorizando e capacitando o nosso servidor para prestar o seu melhor desempenho na proteção aos interesses da coletividade.

Tratando nos nossos servidores, instituímos o Plano de Carreiras, Cargos e Salários nunca anteriormente vislumbrado e existente, e organizamos a Instituição para a realização do concurso público para cargos efetivos depois de quase três décadas, equipando o Legislativo com mão-de-obra qualificada em estrita observância aos princípios que regem a Administração Pública.

Construímos, ainda, o Centro Técnico denominado Jornalista Humberto Calderaro , oferecendo condições dignas aos servidores aposentados e da melhor idade.

Os melhoramentos estruturais não ficaram adstritos à sede da ALE-AM, criamos o estacionamento configurado para comportar 700 vagas, de modo a darem todo o suporte ao prédio-base: Edifício José de Jesus Lins de Albuquerque – a sede do Poder Legislativo do Estado do Amazonas, cujo auditório conta com capacidade de 360 lugares.

Destacamos ainda, no panorama social, a autoria da Medalha do Mérito Legislativo, que anualmente agracia personalidades de destaque no Estado e também nacionalmente.

Essa minha contribuição foi buscada novamente pelos colegas parlamentares, o que muito me enobrece pela consideração. Todavia, por primar pelo respeito à democracia e à vontade de todos os demais componentes, novos e antigos, deste Parlamento, DECIDI que, por ora, a minha contribuição poderá ocorrer de outra forma, conectando-me diretamente com os anseios do povo que me elegeu para mais este mandato. E é neste trato direto, ouvindo as reclamações, entendendo as necessidades e defendendo os meus eleitores que meu mandato cumpre a sua verdadeira função, livre de qualquer vaidade, orgulho ou pretensão.

Assim, venho por meio desta nota agradecer a confiança e o apoio dos colegas Dermilson Chagas, Álvaro Campelo, Abdalla Fraxe, Adjuto Afonso e Dr. Gomes, que nobremente consideraram nosso nome para guiar os passos desta Casa Legislativa, e informar que retiro a minha candidatura para que a vontade dos demais colegas seja respeitada.

Assim, diante do exposto, aproveito a oportunidade para me dedicar com mais afinco ao meu mandato, desejando toda a sorte aos novos titulares destas funções no primeiro biênio de 2019/2020, e lembrando que estaremos sempre atentos à novel administração para que ela jamais se distancie das aspirações da coletividade e do povo amazonense, único titular deste Mandato a nós todos conferido. Com esta decisão, buscamos pacificar o Parlamento do Amazonas para que atue dentro dos preceitos da união e da ultimada preservação do interesse público do nosso Estado.

Ass: Deputado Belarmino Lins – PP