Caio André critica falta de transparência nos empréstimos da Prefeitura de Manaus

Presidente da CMM ainda cobrou ações de infraestrutura bairro Cidade de Deus, na zona norte da capital

Manaus – O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Caio André (União Brasil), criticou a falta de transparência nas justificativas para pedidos de empréstimo pela Prefeitura de Manaus. O parlamentar também solicitou, no Grande Expediente desta terça-feira (23), fiscalização da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) e da Defesa Civil, na estrutura de esgoto na rua Cesaréia, no bairro Cidade de Deus, zona norte da capital.

(Foto: Mauro Pereira – Dicom/CMM)

Na última segunda-feira (22), foi aprovado, durante sessão plenária da CMM, por 22 votos favoráveis e 17 contrários, novo empréstimo ao Executivo Municipal, no valor de R$ 580 milhões.

“Por estar na presidência, não pude votar contra o empréstimo que foi aprovado ontem, mas é do conhecimento de todos que o meu voto seria contrário, como foi no primeiro momento. Essa Casa já aprovou três empréstimos anteriores, nos quais eles tratavam sobre os mesmos assuntos, um deles o asfaltamento de 10 mil ruas. Em várias oportunidades tentamos saber informações exatas da Seminf sobre o andamento de obras, mas não havia na previsão destas entregas”, declarou o presidente da CMM.

Caio André destacou ainda o risco relatado por moradores da região, que afirmam sofrer com a ameaça de possível deslizamento de uma residência, além de acidentes com pedestres que transitam na calçada.

O vereador ressaltou que já protocolou requerimento solicitando uma visita dos órgãos municipais. Contudo, de acordo com informações dos moradores, ainda não foram realizadas visitas no local. Além disso, o problema tem afetado o saneamento das residências, pois com as fortes chuvas, os dejetos têm retornado para as casas.

Anúncio