Câmara cria Brigada de Pronto-Atendimento e cargo de bombeiro civil

A Brigada de Pronto Atendimento será chefiada por um bombeiro civil e formada por servidores voluntários do quadro efetivo e comissionados

Manaus – A Brigada de Pronto Atendimento (BPA) e o cargo de Bombeiro Civil da Câmara Municipal de Manaus (CMM) estão assegurados em lei, após promulgação dos Projetos de Lei (PLs) 296/17 e 297/17, da Mesa Diretora, que institui a Brigada e cria o respectivo cargo.

A Brigada de Pronto Atendimento será chefiada por um bombeiro civil e formada por servidores voluntários do quadro efetivo e comissionados, submetidos e aprovados no curso de formação de brigadistas e demais critérios de eleição.

Já o Projeto de Lei 297/2017 altera a Lei Municipal nº 157 que trata da Organização Administrativa da Câmara. Foi  criado o cargo de Bombeiro Civil, cargo comissionado, com vencimento de R$ 678, representação de R$ 2 mil e auxílio-alimentação de R$ 400.

 

Anúncio