Comissão da CMM destaca melhorias com nova estação de ônibus na Ponta Negra

A proposta também considera que a obra irá proporcionar mais conforto, segurança e proteção aos usuários do transporte público coletivo

Manaus – O presidente da Comissão de Serviços e Obras Públicas da Câmara Municipal de Manaus (CMM), o vereador Gilvandro Mota (PTC), utilizou a tribuna na manhã desta segunda-feira (19), para destacar as melhorias aos usuários do transporte coletivo e frequentadores da praia da Ponta Negra com a nova estação de embarque e desembarque que deverá ser entregue pela Prefeitura de Manaus, nos próximos dias, no Complexo Turístico Ponta Negra, zona oeste.

O vereador Gilvandro destacou que é preciso comemorar as grandes obras em andamento na cidade de Manaus, (Foto: Márcio James/Divulgação)

Um dos proponentes da obra, coronel Gilvandro disse que sua indicação ao Executivo municipal levou em consideração o grande fluxo na localidade, já que aquela é uma área turística e exige a adoção de medidas que assegurem melhorias efetivas para a cidade. A proposta também considera que a obra irá proporcionar mais conforto, segurança, proteção ao sol e chuva para os usuários do transporte público coletivo.

“Não é uma estação de ônibus comum, o abrigo possui quase 100 metros, equivalente a cinco estações de ônibus normais. A Ponta Negra é um parque que orgulha todos os amazonenses e não é usada apenas por quem mora ali, mas por todos que visitam nossa cidade”, destacou.

Prefeito Arthur Virgílio Neto durante visita às obras da Estação (Foto: Divulgação)

O vereador Gilvandro afirmou, ainda, que é preciso comemorar as grandes obras em andamento na cidade de Manaus, como creches e escolas que estão sendo construídas. Ele também citou os complexos viários da Constantino Nery, já em obras, e da entrada do Manoa, que irão melhorar a mobilidade na cidade, além da requalificação das ruas, com recapeamento, que vem sendo realizada pela prefeitura.

“O prefeito Arthur Virgílio Neto é um homem que se pauta pela ética, pela lealdade, e que tem feito o seu melhor para garantir qualidade de vida ao povo de Manaus”, disse Gilvandro, lembrando os 40 anos de vida pública do prefeito de Manaus sem nenhum envolvimento em atos de corrupção.

Estação deverá atender o grande fluxo de pessoas que passa pelo Complexo Turístico da Ponta Negra (Foto: Divulgação)

Lei 

A Lei complementar 005/2014, no artigo 57, que diz que para a instalação dos mobiliários deverá ser apresentado documento com a anuência do proprietário ou possuidor do imóvel situado à frente e nas laterais do local solicitado. Para o vereador coronel Gilvandro a Lei prejudica e impede a construção de diversos abrigos que poderiam beneficiar a população.

“Temos duas mil e quinhentas estações na cidade de Manaus e algumas não estão cobertas, pois aprovaram uma Lei nessa casa legislativa que proíbe a construção de paradas sem a permissão do dono do lote ou do morador daquela residência onde o abrigo ficaria. Isso ninguém divulga para a população. Em que momento ocorreu essa lei? Por que tiveram a inteligência de fazer isso? Isso sim que é trazer prejuízo para a população”, questionou.