Comitê realiza curso de Propaganda, Vedações e Contas Eleitorais, no próximo dia 29

A terceira edição do curso será realizada na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)

Manaus – O Comitê do Amazonas de Combate à Corrupção e ao Caixa Dois Eleitoral vai promover o 3º Curso de Propaganda, Vedações e Contas Eleitorais, no próximo dia 29/10, a partir das 18h, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Seccional do Amazonas, na Avenida Paraíba, 2.000, Adrianópolis, zona centro-sul. As inscrições podem ser feitas pelo site www.sympla.com.br.

O objetivo do curso é divulgar informações sobre a importância do voto consciente nas eleições municipais de 2020 (Foto: Agência Brasil/Fabio Rodrigues Pozzebom)

Aberto ao público, o curso será ministrado pelo promotor de justiça eleitoral do Ministério Público do Estado (MPE), Weslei Machado; pelo contador Júlio Ramon, do Conselho Regional de Contabilidade (CRC-AM), e pelo jurista Leland Barroso, do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE/AM).

O curso faz parte das atividades do Comitê em levar informações sobre a importância do voto consciente nas eleições municipais de 2020, a fim de que o eleitor escolha a melhor opção no pleito e, por consequência, melhore a qualidade política e fortaleça a democracia nos municípios do Amazonas. Além disso, assegura dez horas complementares aos participantes.

Na última terça-feira (15), o Comitê organizou e realizou um debate sobre a influência da desinformação nas eleições, em parceria com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), Agência Lupa, Instituto Tecnologia & Equidade e o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE).

Entidades

Em sua composição, o Comitê agrupa, entre outras, as seguintes entidades da sociedade civil: a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional Amazonas; Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB – Norte1), Conselho Regional de Administração (CRA/AM), Conselho Regional de Contabilidade (CRC), Conselho Regional de Economia (Corecon), Sindicato dos Jornalistas do Amazonas (SJPAM), Sindicato dos Fazendários do Amazonas (Sifam) e Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE).

Anúncio