Coronel Menezes afirma que será coordenador da campanha de Bolsonaro no Amazonas

Segundo coronel Menezes, ‘Vamos para o PL para expulsar as imundícies da vida pública’

Manaus – O ex-superindente da Suframa coronel Menezes afirmou em entrevista para o portal Amazonas Atual que além de pré-candidato ao Senado Federal será também o coordenador da campanha presidencial no Amazonas. Na manhã desta terça-feira (30) o presidente Jair Bolsonaro confirmou sua filiação no Partido Liberal (PL), em Brasília,  e consolidou a sua aliança com o centrão.

Segundo a entrevista de coronel Menezes ao portal Amazonas Atual, ele afirmou “Vamos para o PL para expulsar as imundícies da vida pública. Os incomodados que se mudem”.

Ao se referir a Marcelo Ramos ele diz que, “Se esse sujeito tivesse o mínimo de decência e vergonha na cara ele já pedia para sair hoje, mas ele vai sair. Que ele vai sair, ele vai. Isso eu não tenho dúvida nenhuma. Nós estamos dando a oportunidade de se assumir. Ele vem enganando as pessoas, prá lá, prá cá. Faz acordos, conchavos. Não tem valores. Fala mal de um, no outro dia ele aperta a mão. Ajoelha no milho do outro.”

Ainda segundo o portal Amazonas Atual, ele segue o discurso semelhante ao de Bolsonaro, quanto à posição política contrária, Menezes disse que Marcelos Ramos poderá voltar às suas origens comunistas, para se despedir da vida pública.

“Ei, agora você vai ter a oportunidade de se assumir como cara de esquerda, ideológico, que sempre defendeu esses valores esquerdistas, comunista, socialista, que são a sua origem. Agora você vai assumir e vai abraçar lá seu amigo, senador da Maus Caminhos e que vocês tenham um bom destino em 2022, que é fora da vida pública do nosso estado e com isso a gente consegue se livrar de duas imundícies. E que vivam felizes para sempre fora da vida pública”.

Ainda na entrevista ao portal Amazonas Atual, Menezes se referiu à operação Maus Caminhos, mas não citou o nome do senador Omar Aziz (PSD), contra quem deverá disputar as eleições de 2 de outubro de 2022. Menezes declarou que sempre teve boa relação com o presidente regional do PL, Alfredo Nascimento, que aderiu à filiação de Bolsonaro ao PL desde o primeiro momento.

Menezes concorreu pela primeira vez em 2020, quando disputou o cargo de prefeito de Manaus pelo Patriota. Menezes começou o processo eleitoral com 0,5% das intenções de votos nas pesquisas e ficou em 5º lugar, com 110.805 votos.

Ainda segundo a entrevista ao portal Amazonas Atual, ele confirmou que o resultado animou o presidente Jair Bolsonaro, a quem procurou logo após o pleito o chamou para uma conversa.

Menezes também participou da filiação do presidente e gravou vídeo com o filho de Jair Bolsonaro, Flávio Bolsonaro, que agradeceu pelo trabalho de Coronel Menezes no Amazonas. “Obrigado pelo trabalho que tem feito, pela confiança no presidente Bolsonaro e com certeza você pode colaborar e muito no nosso país ainda em especial lá no Amazonas”

Recursos para Manaus

Coronel Menezes participou de reunião no gabinete presidencial, que durou aproximadamente uma hora, junto com o prefeito David Almeida e apresentou um conjunto de projetos elaborados pela prefeitura ao longo de três meses e que necessitam de investimentos para sair do papel. Entre eles estão o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), a construção de 2 mil moradias populares, viadutos, passagens de nível, aquisição de ônibus elétricos, além de eventos, projetos e atividades de turismo.  O presidente Jair Bolsonaro autorizou o investimento de R$ 1,154 bilhão na cidade de Manaus.

Anúncio