‘Delegacia de Combate à Corrupção ainda não está funcionando’, diz Dermilson

Deputado foi até à Delegacia apresentar sua denúncia sobre a compra de 240 aparelhos de ar condicionado no valor superfaturado de R$ 1,9 milhões

Manaus – Como prometido em tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), na quarta-feira (19), o deputado Dermilson Chagas (Podemos) na tarde desta quinta-feira (27), foi até à Delegacia Especializada de Combate à Corrupção – localizada na Avenida Nilton Lins, no bairro Parque das Laranjeiras – apresentar a sua denúncia sobre a compra de 240 aparelhos de ar condicionado no valor superfaturado de R$ 1,9 milhões.

Deputado Dermilson Chagas (Podemos) na tarde desta quinta-feira, foi até à Delegacia Especializada de Combate à Corrupção e constatou que ela ainda não está funcionando (Foto: Divulgação)

Porém, ao chegar no local, foi surpreendido em ver que a Delegacia ainda não está funcionando, mesmo ter sido aprovada em plenário da Assembleia há duas semanas, e principalmente por já ter um delegado e equipe nomeada. “Recebi informações de que estaria funcionando aqui na 12º CICOM, mas ao chegar com a denúncia nas mãos, fui surpreendido com essa. Tudo fechado, apenas uma pequena reforma no lugar pequeno onde poderá funcionar a Delegacia”, afirmou.

A denúncia da compra superfaturada de aparelhos de ar condicionado que o deputado levou até à Delegacia, faz parte do contrato administrativo da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) de nº 019/2020 firmado com a empresa RR Construções e Transportes no valor de R$ 15.492.141,61, para a reforma do Hospital e Pronto Socorro João Lúcio. “Eu havia dito que iria levar, mas quando chego não tem ninguém para receber ou para prestar qualquer tipo de informação. Daí pode concluir sua efetividade ou se terá essa efetividade. Lamentável. O que me resta agora, é somente aguardar algum aviso se irá funcionar ou não. Espero que sim”, ponderou.

Anúncio