Deputado faz indicação para instalação de grades na ponte Rio Negro

Na opinião do deputado estadual João Luiz, a instalação de grades reduziria o número de tentativas de suicídio e acidentes no local

Manaus – O deputado estadual João Luiz (Republicanos) fez uma indicação ao Governo do Estado, nesta segunda-feira (2), para a instalação de grades de proteção na ponte Jornalista Phelippe Daou (ponte Rio Negro), localizada na zona oeste. Na opinião do parlamentar, a instalação de grades reduziria o número de tentativas de suicídio e acidentes no local.

Para o deputado João Luiz, a ponte tem de voltar a ser sinônimo de vida e de prosperidade, e não o inverso (Foto: Eraldo Lopes/Arquivo/GDR)

“A intenção é evitar tentativas de suicídio na ponte. Hoje, os índices relacionados ao suicídio são alarmantes e nossa meta é combater esse ato e proteger a vida das pessoas”, afirmou João Luiz.

O deputado destacou que a ponte tem de voltar a ser sinônimo de vida e de prosperidade, e não o inverso. “É uma situação grave que precisa da nossa intervenção. E nós, da Frente Parlamentar Cristã, vamos unir forças para combater, de forma enérgica e precisa, para ajudar aos nossos jovens. Temos de mostrar a essas pessoas que não estão sozinhas e que podem contar com o nosso apoio”, ressaltou.

Segundo dados da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP-AM), somente este ano, 30 pessoas já tiraram a própria vida no Estado. Deste total, boa parte escolheu a ponte Rio Negro para cometer o ato. Além disso, tanto a Polícia Militar quanto o Corpo de Bombeiros contabilizam inúmeras tentativas de suicídio impedidas por suas equipes no local.

Mobilização

Como parte das ações do ‘Basta depressão, automutilação e suicídio’, o deputado João Luiz irá levar a campanha a outros municípios do Estado e também para escolas, associações e instituições de Manaus.

“Já recebemos convites de Benjamim Constant, Tabatinga, Itacoatiara e Humaitá para realizarmos atos de mobilização ‘Basta ao suicídio’ em cada um desses municípios. No próximo dia 12, estaremos com ações em Itacoatiara. No dia 14, em Humaitá e, dia 27, em Codajás. Nossa meta é levar a campanha para os 61 municípios do Estado”, disse João Luiz.

Anúncio