Deputado Josué Neto acusa A Crítica de perseguição

O presidente da ALE publicou texto no Twitter, no início da noite deste sábado (18). “Não vou aceitar perseguição de uma empresa privada que recebe milhões do Governo”

Manaus – O presidente da Assembleia Legislativa do Estado (ALE), deputado Josué Neto, usou sua conta no Twitter para publicar, no início da noite deste sábado (18), um texto onde afirma estar sofrendo perseguição por parte do grupo A Crítica, após abertura do processo de impeachment de Wilson Lima e outras polêmicas envolvendo o governador, que é ex-funcionário da empresa.

O presidente da ALE, deputado Josué Neto (Foto: Divulgação)

De acordo com Josué Neto, o grupo A Crítica estaria atuando dessa forma, com o objetivo de tirar o foco de Wilson Lima, envolvido em investigações de superfaturamento de respiradores, que levaram a abertura do processo de impeachment do governador. “Não vou aceitar perseguição de uma empresa privada que recebe milhões do Governo”, ressalta o deputado em trecho do texto divulgado.

 

Anúncio