Deputado quer incluir profissionais de educação física no grupo prioritário da vacinação

João Luiz informou que já solicitou ao governo do Estado, por meio de indicação, a inserção da categoria no plano de vacina contra a Covid

Manaus – O deputado estadual João Luiz (Republicanos) utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), na manhã desta terça-feira (6), para defender a inclusão de profissionais de educação física no grupo prioritário de vacina contra Covid. O parlamentar informou, ainda, que já solicitou ao Governo do Estado, por meio de indicação, a inserção da categoria no plano de vacinação.

Deputado quer incluir profissionais de educação física no grupo prioritário da vacina. (Foto: Divulgação)

De acordo com João Luiz, a solicitação ao Governo do Estado está fundamentada no Ofício 8/2021, emitido pelo Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, o qual cita os profissionais de educação física como profissionais da saúde.
Conforme o documento do órgão, os profissionais inclusos no grupo de vacinação prioritária são “trabalhadores dos serviços de saúde são todos aqueles que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais. Desta maneira, compreende tanto os profissionais da saúde – como médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontologistas, fonoaudiólogos, psicólogos, serviços socais, profissionais de educação física (…)”.
“O ofício confirma que a categoria faz parte da lista de profissionais inclusos no grupo de vacinação prioritária. Com base nessa informação, estou solicitando ao governador Wilson Lima que os profissionais de educação física sejam beneficiados com a vacina. Acredito que, de forma sensível, o governador irá entender e atender a nossa solicitação em prol da categoria”, destacou João Luiz.
Na avaliação do parlamentar, os profissionais de educação física, após um longo período parados devido à pandemia, estão retornando, agora, às atividades e, por isso, precisam ser imunizados. “São profissionais que têm contatos diretos com um alto número de pessoas diariamente, o que os torna suscetíveis à doença”, justificou do Republicano.
Auxílio emergencial
Ainda por meio de uma indicação, o deputado João Luiz solicitou ao Governo do Estado o pagamento do auxilio emergencial aos esportistas federados e confederados, aos profissionais que atuam como personal trainer e educadores formados em educação física, como forma de fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia.
“Estes profissionais estão há meses sem obter lucro e, para evitar danos de difícil reparação, é se faz necessário, de forma urgente, o pagamento do auxílio. Tenho certeza de que essa ajuda irá contribuir, e muito, para amenizar a situação financeira dessas pessoas”, completou o parlamentar.

Anúncio