Deputado sugere suspensão de pagamentos da Norte Serviços Médicos

Empresa é investigada por fraudes em contratos superfaturados no Governo e por ser utilizada de “fachada” para desvio de dinheiro, segundo Wilker Barreto

Manaus – Em reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), nesta terça-feira(28), o deputado estadual Wilker Barreto (Podemos) sugeriu que a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) suspenda todos os processos de pagamentos da Norte Serviços Médicos, investigada por fraudes em contratos superfaturados no Governo e por ser utilizada de “fachada” para desvio de recursos públicos. Para o parlamentar, a empresa não tem moral para continuar a prestação de serviços na máquina estadual.

“Essa CPI precisa oficializar a Susam pela forma duvidosa que vem sendo conduzida esta empresa, que não tem moral para prestar qualquer tipo de serviço para o ente público. Sugiro também toda a suspensão de qualquer tipo de contratos, seja indenizatório, de dispensa ou licitados. Já comprovamos que o perfil desta empresa é muito estranho”, explicou Wilker.

Para o parlamentar, a empresa não tem moral para continuar a prestação de serviços na máquina estadual (Foto: Divulgação)

O deputado comentou sobre o depoimento do ex-sócio da empresa, Vitor Vinícius Souto, que preferiu ficar em silêncio e não respondeu aos questionamentos feitos pelos membros da CPI, o que para Barreto, ficou comprovado que o depoente foi uma espécie de “laranja” da Norte Serviços.

“Hoje ficou claro que este jovem foi claramente utilizado como laranja de uma empresa que faturou milhões do Estado. Para mim, já caberia uma denúncia formal para o Ministério Público e o GAECO, porque já estamos falando de um crime organizado. O direito de ficar calado é mais esclarecedor do que duas horas de debate e esclarecimentos e isso fechou um papel importantíssimo que esta CPI contribuiu em relação a esta empresa”, concluiu o parlamentar.