Desembargador manda soltar ex-ministro Milton Ribeiro

Ex-ministro foi preso pela Polícia Federal na operação que investiga irregularidades no MEC

Brasília – O desembargador Ney Bello, do Tribunal Regional Federal (TRF-1), concedeu liberdade ao ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, preso na operação Acesso Pago, da Polícia Federal, suspeito de chefiar um esquema ilegal de liberação de verbas do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), vinculado ao Ministério da Educação (MEC).

(Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil)

A decisão também vale para os outros presos na operação: os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura, Helder Diego da Silva Bartolomeu e Luciano de Freitas Musse.

Inicialmente, o pedido de habeas corpus feito pela defesa do ex-ministro foi negado após o juiz pedir que mais documentos fossem anexados ao processo. Após isso, a liberdade provisória foi concedida. Ribeiro está preso em São Paulo e deveria passar por audiência de custódia nesta quinta-feira (23).

Anúncio